terça-feira, 30 de abril de 2013

Tempestade de neve no deserto árabe surpreende sauditas


Tempestade de neve no deserto árabe surpreende sauditas


Uma onda incomum de frio provocou uma tempestade de neve na cidade de Hael, no nordeste da Arábia Saudita, durante este domingo. A região fica no Deserto Árabe e, apesar das habituais quedas de temperatura durante a noite, o fenômeno surpreendeu a população local. 

Segundo a Al Arabya, aulas e serviços comerciais foram suspensos em cinco províncias da Arábia Saudita por questões climáticas.

Além da surpreendente neve no nordeste do país, áreas do sul enfrentam chuvas igualmente incomuns para a região - que provocaram enchentes e deixaram centenas de desabrigados.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/tempestade-de-neve-no-deserto-arabe-surpreende-sauditas,ccd1a3c2c145e310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

EUA alertam para transmissão humano para humano do H7N9 da gripe das Aves


EUA alertam para transmissão humano para humano do H7N9 da gripe das Aves
Líder de saúde dos EUA alerta sobre humano para humano H7N9 da gripe das aves

  "Nós ainda precisamos estar muito bem preparados para a eventualidade '

Não há nenhuma evidência de que o mortal H7N9 da gripe aviária ainda espalhar entre seres humanos na China, mas as autoridades de saúde devem estar preparadas para o vírus sofrer mutações a qualquer momento, um top virologista dos  EUA alertou.
Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), disse que  autoridades na China tinha, estudado mais de 1.000 contatos próximos de casos confirmados e não encontrou qualquer evidência de a transmissão entre humanos.
"Isso é uma evidência poderosa, porque se você tivesse mil contatos com alguém com a gripe você ter certeza alguns deles teriam sido infectados", disse Fauci em entrevista à AFP.

Um vendedor mercado de aves (C) dá um polegar para cima para suas galinhas em um mercado em Taipei em 26 de abril de 2013.

No entanto, Fauci alertou que as autoridades precisavam estar prontas para a possibilidade de mutação do vírus, espalhando entre os seres humanos.
"É imprevisível como são todos os da gripe. Uma das coisas que precisamos estar preocupados com isso pode ganhar a capacidade de passar de humano para humano, que, até este ponto não aconteceu e é um pouco uma notícia encorajadora", disse Fauci.
"Mas nós ainda precisa ser muito bem preparado para a eventualidade de que isso aconteça."
Os pesquisadores já estão desenvolvendo um teste de diagnóstico para identificar H7N9, junto com uma vacina, com ensaios clínicos com vencimento em julho ou agosto.
"O trabalho está em andamento em fazer um teste de diagnóstico para ser capaz de pegá-lo rapidamente", disse Fauci.
"Nós já começamos em uma fase de desenvolvimento de uma vacina como fizemos com  o H5N1 anos atrás ... Felizmente, nós nunca teremos que usá-lo."
Mais de 110 pessoas na China foram confirmados para ser infectado com o H7N9, com 23 mortes, desde que Pequim anunciou em 31 de março, que o vírus foi encontrado em humanos.
A maioria dos casos foram localizados no leste da China, apesar de Taiwan relatou um caso. Outro caso foi encontrado, no sul da China, enquanto as autoridades chinesas confirmaram um novo surto na província central de Hunan.
Autoridades chinesas identificaram aves como a fonte do vírus, e confirmaram que os pacientes tornaram-se do contacto com o doente infectado galinhas vivas.
A equipe de visita da Organização Mundial de Saúde, que terminou uma semana de visita à China na quarta-feira, disse que não houve a transmissão entre humanos, mas alertou  que H7N9 é "um dos mais letais" vírus influenza já visto.
Fauci elogiou Pequim por sua gestão da crise atual, contrastando-a com a resposta do surto de síndrome respiratória aguda grave em 2002-2003, quando a China estava acusado de cobrir-se a escala da crise.
"Não era o caso de SARS em 2003, mas a transparência tem sido excelente", disse Fauci. "Estou bastante satisfeito com a resposta chinesa".
Fauci comparou a atual cepa H7N9 da gripe aviária ", em alguns aspectos" com a estirpe H5N1 do vírus da gripe aviária há alguns anos.
"As semelhanças são que ele é, fundamentalmente, um frango ou gripe aviária, que salta de frango para os seres humanos e é bastante grave quando infecta os seres humanos", disse ele.
No entanto, Fauci acrescentou: "A diferença entre H7N9 e H5N1, é que as galinhas H5N1 mata muito rapidamente por isso é fácil de identificar onde os rebanhos infectados, dos frangos são H7N9 não faz a galinha doente, por isso tem sido difícil de identificar. onde as galinhas infectadas são ".
Houve 566 casos confirmados do vírus H5N1 da gripe aviária, que matou 332 pessoas no mundo - uma taxa de mortalidade de 58 por cento, contra 20 por cento para o pássaro cepa da gripe H7N9.
O H1N1 "gripe suína" pandemia o 2009, que surgiu no México na mesma época do ano, como o H7N9, eventualmente infectadas 60 milhões de pessoas em todo o mundo e matou mais de 12 mil.
A gripe espanhola de 1918, que tem sido chamado de uma das pragas mais mortíferas da história humana, tinha uma taxa de mortalidade de apenas dois por cento.

Fonte: http://www.france24.com/en/ 




domingo, 28 de abril de 2013

Gripe aviária se agrava


Gripe aviária se agrava

Evolução assustadora: China registra novo caso de gripe aviária se espalha para a província de Hunan: 23 mortos

Olhando para o culpado: os oficiais de saúde examinaram um pombo com  H7N9 em um mercado de aves em Changsha, província de Hunan 07 de abril de 2013. Crédito: Reuters / China Daily 27 de abril de 2013 - CHINA - China neste sábado registrou seu primeiro caso de H7N9 de gripe aviária na província de Hunan, no mais recente sinal de que o vírus, que já matou 23 pessoas no país continua a se espalhar. A agência de notícias oficial Xinhua disse que a paciente era uma mulher de 64 anos de idade da cidade de Shaoyang que desenvolveu uma febre em 14 de abril, quatro dias depois de ter contato com aves. Sua condição melhorou com o tratamento, acrescentou. A gripe foi detectada pela primeira vez em março. Esta semana, a Organização Mundial da Saúde, o vírus chamado "um dos mais letal", e disse que é mais facilmente transmitido de uma cepa mais cedo que matou centenas de pessoas ao redor do mundo desde 2003.None das 41 pessoas que entram em contato com o paciente Hunan recém-confirmada, identificado apenas pelo sobrenome Guan, tinha mostrado sintomas, disse a Xinhua. Um homem de 54 anos de idade, que ficou doente na província de Jiangxi também estava sendo tratado em Hunan, onde foi diagnosticado com o H7N9, disse a Xinhua. Os casos de Hunan vem um dia depois de a província oriental de Fujian registrou seu primeiro caso e durante a mesma semana em que um homem em Taiwan tornar-se o primeiro caso de gripe fora da China continental. Ele pegou a gripe durante a viagem na China. Os cientistas chineses confirmaram nesta quinta-feira que as galinhas tinham transmitido a gripe aos humanos.  
-Reuters
Flu mutação  é oito vezes mais rápida do que qualquer vírus da gripe conhecida: 

A nova gripe aviária poderia ser mutante até oito vezes mais rápido do que o vírus da gripe média em torno de uma proteína que se liga aos seres humanos, uma equipe de cientistas em Shenzhen, diz. Dr. Ele Jiankui, professor associado da Universidade do Sul de Ciência e Tecnologia da China, disse ontem que as autoridades devem ficar alarmados com os resultados de suas pesquisas e intensificar o monitoramento e controle de esforços para evitar uma possível pandemia. Com o código genético do vírus obtidos a partir de autoridades do continente, a equipe examinou hemaglutinina, uma proteína que desempenha um papel crucial no processo de infecção. A protea liga-se o vírus a uma célula animal, tal como células respiratórias em seres humanos, e perfura um orifício na membrana da célula para permitir a entrada do vírus. Os pesquisadores descobriram dramática mutação da hemaglutinina em uma das quatro cepas de gripe liberados para estudo por parte do governo central. Nove dos 560 aminoácidos da proteína tinha mudado. Em um vírus da gripe comum, somente um ou dois aminoácidos podem alterar num curto período de tempo, Disse. "Isso aconteceu em apenas uma ou duas semanas. A velocidade pode não ter pego com o HIV, mas é bastante incomum para uma gripe. "A mutação rápida torna o desenvolvimento evolutivo do vírus muito difícil de prever. "Nós não sabemos se ele vai evoluir para algo inofensivo ou perigoso", disse. "Nossas amostras são muito limitados. Mas as autoridades deveriam definitivamente se assuste e se preparar para o pior cenário. "A origem do vírus era intrigante, devido à sua novidade, mas sua pesquisa sugere algumas pistas que diferem das teorias das autoridades do continente. Sua equipe comparou a nova estirpe do vírus H7N9 para todos os outros vírus identificados na Europa e em outros países asiáticos, que foram citados pelo Ministério da Agricultura como possíveis origens da nova gripe das aves, mas encontrou-os todos muito diferentes. Na verdade, a nova gripe das aves foi bastante semelhante a alguns vírus domésticos conhecidos como H9N2, H7N3 e H11N9 encontrado em Zhejiang e Jiangsu. Ele disse que os pesquisadores não poderiam descartar a possibilidade de que o novo vírus foi desenvolvido  na China  a partir de aves selvagens, mas era mais provável que seja de origem local.

Fonte: http://theextinctionprotocol.wordpress.com/ 

Centro da Terra tem 6 mil graus de temperatura, mil a mais do que se pensava - concluem cientistas


Centro da Terra tem 6 mil graus de temperatura, mil a mais do que se pensava - concluem cientistas

Cientistas concluíram que a temperatura perto do centro da Terra é de 6 mil graus Celsius, mil graus mais quente do que foi estimado em um experimento feito há 20 anos. Esta nova temperatura confirma a tese de que a diferença de temperatura entre o núcleo sólido e o manto, que fica acima, tem de ser de pelo menos 1.500 graus para explicar por que a Terra tem um campo magnético. Os resultados foram publicados na edição de ontem da revista “Science”. O núcleo da Terra é composto principalmente de uma esfera de ferro líquido em temperaturas acima de 4 mil graus e pressões mais de 1,3 milhões de vezes maiores que a do nível do mar. Sob estas condições, o ferro é um líquido como a água dos oceanos. E apenas bem no centro deste núcleo da Terra, onde a pressão e o aumento de temperatura são ainda maiores, é que o ferro líquido se solidifica novamente. 

Fonte:http://montesclaros.com/noticias.asp?codigo=63154

sábado, 27 de abril de 2013

Os rios da China estão secando ?


Os rios da China estão secando ?



Segundo o último relatório do governo chinês, o número de rios na China se reduziu em 28.000 nos últimos 60 anos.
À lista de problemas ambientais que a China enfrenta poderá vir a ser acrescentado o problema da carência de recursos hídricos. O primeiro relatório elaborado pelo Ministério dos Recursos Hídricos da China sobre o uso da água constata que a quantidade de rios com bacias de áreas superiores a 100 quilômetros quadrados é na China de 22.909. Há 60 anos, os geodesistas chineses calculavam a quantidade desses rios em 50.000.

Explicando a redução dos grandes rios chineses em mais de duas vezes com o brusco crescimento econômico do país, o responsável pelo estudo Huang He explica que a diferença nos dados também se deve à reduzida precisão das análises efetuadas no passado e às alterações climáticas. "Nos anos de 1950, eram utilizados mapas topográficos incompletos e isso resultava em cálculos errados", declarou Huang He durante a apresentação do relatório em finais de março.

Os estudos independentes dos recursos hídricos da China, realizados no passado, já tinham apresentado conclusões alarmantes. Assim, no relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) de 2006, se afirma que o consumo de água na República Popular da China aumentou mais de cinco vezes desde 1949.

"Este novo estudo demonstrou que em certas regiões da RPC, especialmente no Norte da China, os rios estão secando e a se transformar em rios sazonais", declarou Ma Jun, diretor do Instituto dos Assuntos Públicos e Ambientais numa entrevista ao portal The Verge. De acordo com o ambientalista, a diferença entre os dados novos e os antigos podem ser explicados pelos atuais métodos mais avançados da cartografia. Entretanto, as conclusões do relatório governamental confirmam os estudos independentes dos anos anteriores.

"A brusca redução do nível das águas nos rios chineses está associada, em primeiro lugar, ao aumento da aridez do clima e ao excesso de desvio de água para irrigação da agricultura intensiva", considera Ekaterina Fortyguina, investigadora principal do Instituo do Extremo Oriente da Academia das Ciências Russa e especialista em políticas ambientais e problemas ambientais da China. "Há realmente menos água nos rios chineses. Assim, no início dos anos 2000, o Rio Amarelo (ou Huang He) secava no seu troço mais a jusante por 180-200 dias".

Na China, 60% do consumo de água é destinado a atividades econômicas, o que é quase o triplo do que se passa na Rússia. Já há várias décadas que o país executa uma política de agricultura intensiva e os campos de arroz devem ficar alagados até ao período das colheitas. Além disso, muitas cidades não têm um abastecimento de água centralizado.

O nível da água nos rios é influenciado pelos grandes projetos de transvase de água do sul do país para o norte e pela construção de grandes usinas hidrelétricas, como a barragem Três Gargantas no rio Yangtzé (ou Rio Azul).

As autoridades estão conscientes do problema e tentam enfrentá-lo. Assim, o 12º plano quinquenal inclui um programa de proteção dos recursos hídricos. Há várias semanas, o primeiro-ministro do país Li Keqiang prometeu mais transparência relativamente aos problemas ambientais da República Popular da China (RPC) e a tomada de medidas para combatê-los.

"Claro que os casos dos diferentes rios devem ser analisados separadamente, mas em geral, a China terá de alterar radicalmente a utilização dos seus recursos hídricos", considera Ekaterina Fortyguina. "Em alguns campos, por exemplo, se pode semear outras culturas em vez da rizicultura intensiva. Mas já se está a tomar algumas medidas. Assim, nas zonas costeiras funcionam usinas de dessalinização, como a de Dalian. A China se tornou no terceiro país a utilizar de forma industrial essas usinas, depois de Israel e do Japão".

Uma acesa discussão pela sociedade civil da problemática dos recursos hídricos teve início há um mês, quando no rio Huangpu,um afluente do Yangtzé que abastece a população de Xangai com água potável, foram encontrados 16000 cadáveres de suínos em decomposição. As causas da morte dos suínos continuam por esclarecer, mas, segundo algumas informações, nos tecidos dos animais recolhidos foi detectado o circovírus suíno.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2013_04_27/Os-rios-da-China-estar-o-a-secar/

sexta-feira, 26 de abril de 2013

OVNI é fotografado na região de Sr. do Bonfim, Bahia – Brasil


OVNI é fotografado na região de Sr. do Bonfim, Bahia – Brasil

De acordo com o site falandotudo.com, dia 14 de abril passado, um OVNI teria sido fotografado na Serra do Gado Bravo, estado da Bahia. Os autores das fotos são dois ciclistas, Raimundo Natação e Igor Geovani, que teriam tirado as fotos quando sinalizavam uma trilha para competição de Mountain Bike.  Segundo eles o objeto teria aparecido repentinamente, o que causou grande espanto.
Em reportagem para o falandotudo.com, as testemunhas disseram que o objeto fazia um leve barulho, como o de uma máquina de costura. “Raimundo viu e gritou para pegar a câmara, senti medo, pensei em correr, mas aguentei o medo  e tirei algumas fotos“, disse Igor Geovane, autor das seis fotos.
O OVNI teria sido visto por volta das 15h30, ficando por cerca de 15 minutos no ar.  As testemunhas disseram que o objeto desapareceu à uma velocidade inimaginável.
O objeto estava num local de difícil acesso e muito profundo, quando percebemos a sua presença e começamos a fotografar”, disse Raimundo Natação, alegando que a nave tinha o comprimento de um automóvel.
Veja abaixo a sequência de fotos:







 
Fonte: http://ovnihoje.com/2013/04/25/ovni-e-fotografado-na-regiao-de-sr-do-bonfim-bahia-brasil/#axzz2RWK5nnXc

terça-feira, 23 de abril de 2013

Vulcão na Indonésia acordando


Vulcão na Indonésia acordando


Ao contrário dos relatos anteriores, nenhum prédio desabou devido ao terremoto. Mas, pelo menos 311 casas foram danificadas. 34 delas de modo grave e 27 com danos moderados.Além do dano, duas pessoas ficaram feridas pelo terremoto. Uma mulher e seu filhosofreram fraturas e foram levados para um hospital próximo. Pessoas evacuadas estão gradualmente a regressar às suas aldeias, devido a uma diminuição da atividade vulcânicado complexo de  vulcões Dieng. Pelo menos três prédios em aldeias locais desmoronoudevido ao tremor. 9 edifícios adicionais foram afetados com grandes danos. Ninguém ficou ferido. Espera-se que este tremor foi de natureza tectónica, mas  provavelmente relacionado com  o vulcão Dieng . 86 terremotos mais fracos, seguido do choque principal em 25 minutos. Rachaduras em paredes e outras casas danificadas são o resultado desteterremoto  do Dieng que tem também uma base vulcânica. 1.000 pessoas foram evacuadaspara abrigos fornecidos pelas autoridades indonésias. Os terremotos são parte da atividadedo vulcão Dieng. O nível de alerta foi elevado para Siaga em 27 de março. O vulcão na sua última erupção foi em 2009.

Fonte: http://earthquake-report.com/2013/04/19/moderate-earthquake-java-indonesia-on-april-19-2013/

Esfriamento do Ártico: como irá funcionar a máquina do clima ?


Esfriamento do Ártico: como irá funcionar a máquina do clima ?


O aquecimento global, de que se fala tanto nos últimos anos, pode ceder lugar ao esfriamento global. Os cientistas do observatório Pulkovo, de São Petersburgo, afirmam que a atividade solar está diminuindo e que, portanto, a temperatura anual média no planeta vai começar a baixar. 
Este prognóstico dos cientistas russos é confirmado pelos seus colegas da Grã Bretanha e dos EUA: os prognósticos do esfriamento global são bastante bem fundamentados. Será que isso pode influenciar os grandes planos da exploração do Ártico, que já tinham sido anunciados por muitos países?

Há pouco os especialistas constataram que a espessura dos gelos árticos está diminuindo e os jornalistas afirmavam que o futuro aquecimento global permita cultivar laranjas no norte da Sibéria. Mas agora fala-se de repente da perspectiva do esfriamento global na Terra. Mas não vale a pena imaginar que isso ocorra já em breve, afirma o vice-diretor do observatório Pulkovo Yuri Nagovitsyn.

"Na interpretação da mídia a tarefa afigura-se bastante simples: a atividade solar começou a diminuir, logo a temperatura começou a descer. De um modo geral, existem uns seis ou sete fatores que geram o clima, entre os quais se pode mencionar a litosfera, a atmosfera, o oceano, as geleiras... Pode-se acrescentar ainda a atividade solar. O seu efeito corresponde a 20% dos fatores de alteração do clima. Portanto, a atividade solar pode ser uma espécie de “gatilho” de alteração do clima. Mas a “maquina do clima” funciona, basicamente, na Terra."

O esfriamento na Terra e, por conseguinte, no Ártico é possível. Mas isso não pode congelar o seu “desbravamento econômico”, embora os pessimistas suponham que a humanidade terá que esquecer do Ártico por uns cem anos. No entanto, o interesse em relação a esta região cresce impetuosamente. Nas plataformas dos mares árticos estão concentradas reservas enormes de hidrocarbonetos que correspondem a bilhões de toneladas de combustível convencional. A provável alteração do clima e o aumento da espessura dos gelos no Ártico não representam obstáculo para a extração do petróleo e de gás nas plataformas dos mares árticos, assim como para a atividade normal da Rota do Mar do Norte, reputa o doutor de geociências Igor Davidenko.

"Certamente, já há mais de 30 anos a Rota do Mar do Norte não foi aberta tão cedo e fechada tão tarde. Mais do que isso, no passado foi registrado um recorde – por esta rota foram transportadas mais de cinco milhões de toneladas de cargas, isto é, a atividade de transporte intensifica-se. Em 2013 o quebra-gelos chinês Xue Long (Dragão de Neve) percorreu pela primeira a Rota do Mar do Norte. Os chineses pretendem transportar por esta via até 15% das mercadorias que exportam."

A Rússia incrementa ativamente a sua frota de quebra-gelos. Nos próximos anos, a frota já existente será completada por quebra-gelos mais potentes da nova geração. Portanto, nenhuma alteração do clima ártico pode impedir o aumento do escoamento de cargas pela Rota do Mar do Norte.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2013_04_22/Esfriamento-do-Artico-como-ira-funcionar-a-maquina-do-clima/ 

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Bola de fogo é avistada nos céus do norte da Argentina


Bola de fogo é avistada nos céus do norte da Argentina

Uma bola de fogo foi avistada nos céus do norte da Argentina ontem, 21 de abril, por volta das 03h35min, gerando vários comentários nas redes sociais.

Em Santiado del Estero, algumas testemunhas afirmam que depois da noite ser iluminada pelo objeto, se escutou uma forte explosão e um tremor, mas o Instituto Nacional de Previsão Sísmica não registou nenhum sismo naquela região do país.

“A luz era muito intensa, primeiro de cor verde, logo se tornando branca, e finalmente se converteu em uma bola de foto. Segundos depois de ter passado, foi sentido um tremor e um zumbido similar ao de uma onda expansiva que ocorre após uma explosão“, disseram moradores locais.

Jorge Coghlan, diretor do observatório astronômico de Santa Fé, explicou em entrevista para o canal TN que “...é um bólido, que é um meteoro, um evento na atmosfera de uma rocha do espaço, que ingressou à uma velocidade aproximada de 130.000 quilômetros por hora. Nosso planeta viaja a 108.000 quilômetros por hora, assim essa foi uma entrada bastante violenta, e à uma altitude de uns 60 ou 65 quilômetros“.

O perito ainda disse que, “neste caso foi um objeto de maior tamanho: aproximadamente podemos calcular o objeto [como tendo] 20 centímetros de diâmetro, que se transformou em um bólido porque justamente se desintegra em um estrondo que provoca um brilho tão grande que praticamente ilumina de horizonte a horizonte e logo se ouve um trovão, como quando estamos frente a uma tormenta … Normalmente os bólidos são grandes como um punho, ou uma batata, para se ter uma idéia. Isso é suficiente porque não se trata do tamanho, mas sim da velocidade do objeto que entra na atmosfera. Isso produz um efeito de uma pressão de radiação, … que é o que provoca essas vibrações que as pessoas escutaram”.

Veja abaixo o vídeo sobre o incidente:

video

Fonte do vídeo: TVdetodito

Fonte: http://ovnihoje.com/2013/04/21/bola-de-fogo-e-avistada-nos-ceus-do-norte-da-argentina/#axzz2R8kWUY4Q 

domingo, 21 de abril de 2013

Paisagens da Quebrada de Humahuaca, Argentina


Dica da leitora: paisagens da Quebrada de Humahuaca, Argentina

Casal percorreu a região noroeste do país, acampando em vários locais.
Envie você também sua dica de viagem pelo VC no G1.

 Dayanna Marques

Leitora recomenda visita à região da Quebrada de Humahuaca, na Argentina. (Foto: Dayanna Marques/VC no G1)
“Quem deseja conhecer o país de nossos hermanos não pode deixar de conferir a beleza da Quebrada de Humahuaca, localizada no noroeste Argentino, especificamente na Província de San Salvador de Jujuy.” A dica é da leitora Dayanna Marques, de Itapema (SC). Ela conheceu o local em 2012, quando fez uma “expedição” de 6.400 km em 28 dias com o marido, Taylor Novais. “Você poderá conferir a beleza dos cactos gigantes, as amáveis Lhamas e os deslumbrantes morros coloridos”, descreve.
O casal fez a viagem de carro, e acampou em todas as cidades e povoados por onde passou. Partiram do litoral catarinense e percorreram as regiões norte e noroeste da Argentina, em direção à cidade de Iquique, no Chile, passando pelo Deserto do Atacama. “O nome que demos para nossa expedição foi ‘Confortável como um Camelo’, pois viajamos com um Defender 2001, que balança como um camelo e não é nada confortável”, brinca Dayanna. “Para acampar tínhamos todo o equipamento de camping, além de nossa barraca que é acoplada ao teto do carro. No camping cozinhávamos com nosso fogareiro e tomávamos um bom vinho para descansar da estrada percorrida no dia”, relembra.

A leitora aponta que, “da fronteira de SC com a Argentina até a região da Quebrada de Humahuaca foram aproximadamente 1.600 km”. “A primeira paisagem inesquecível de toda essa viagem foi realmente a Quebrada de Humahuaca. É incrível você ver cactos gigantes pela primeira vez. Uma região totalmente diferente de tudo que já havíamos visto na vida.”
A leitora também aponta as “montanhas coloridas” da região como uma das principais atrações. “A sensação é incrível, pois parece uma grande aquarela ali disposta para ser contemplada”. Além da paisagem, Dayanna destaca o convívio com as lhamas. “Peludas e nada sociais, as lhamas encantam as paisagens no meio dos cactos e da terra seca."

"Peludas e nada sociais, as lhamas encantam as paisagens no meio dos cactos e da terra seca." (Foto: Dayanna Marques/VC no G1)
Na região de Humahuaca, Dayanna e Taylor passaram um dia acampados no povoado de Purmamarca. “Conhecemos pessoas de vários países que lá estavam, deslumbrados com a região.” Ali, Dayanna também recomenda um passeio, seja de carro ou a pé, pelo Camino de Los Colorados, “uma pequena estrada que fica atrás do Pueblo de Purmamarca. Este caminho é lindo por nos mostrar todas as cores e formas das montanhas”.
A leitora afirma que, além da paisagem, Purmamarca também tem outras atrações para os turistas. “Há hotéis, campings, restaurantes, feira de artesanatos”, lista. “Nos restaurantes, é oferecido a especiaria de carne de lhama em pastéis, pizzas e outros”.
Participe você também. Mande uma foto e diga por que o seu destino não tão visitado é especial para merecer uma viagem. Para enviar a sua colaboração, use a ferramenta do VC no G1. Você também pode indicar um passeio ou local menos óbvio de cidades campeãs da preferência, como Paris, Nova York e Buenos Aires - ou seja, "recomendo visitar a torre Eiffel" não vai entrar na nossa seleção.

fonte;http://g1.globo.com/vc-no-g1/noticia/2013/04/dica-da-leitora-paisagens-da-quebrada-de-humahuaca-argentina.html

sábado, 20 de abril de 2013

Terremoto mata pelo menos cem pessoas na China

Terremoto mata pelo menos cem pessoas na China

Atualizado em  20 de abril, 2013 - 08:15 (Brasília) 11:15 GMT
Equipes de resgate tentam encontrar sobreviventes no terremoto
Um terremoto de 6,6 de magnitude deixou pelo menos cem mortos na província de Sichuan, sudoeste da China.

O tremor bloqueou estradas, destruiu prédios e levou a um corte no fornecimento de energia elétrica na região do condado de Lushan, deixando centenas de feridos, segundo a imprensa estatal do país.

As equipes de resgate estão tendo dificuldade para chegar às áreas mais afetadas devido à destruição das estradas, aos tremores secundários e deslizamentos de terra.
Cerca de 6 mil soldados e policiais foram enviados para a região para ajudar nas operações de resgate no epicentro do terremoto, a cerca de 115 quilômetros a oeste da capital da província, Chengdu.
O novo primeiro-ministro da China, Li Keqiang, viajou para a região para supervisionar as equipes de resgate.
Um grande terremoto atingiu Sichuan em 2008 e causou pelo menos 90 mil mortes e deixou 5 milhões de pessoas desabrigadas.
Pouca profundidade
Especialistas afirmaram que o tremor ocorreu a apenas 12 quilômetros abaixo da superfície da terra, uma profundidade pequena que geralmente indica grandes danos.
Imagens aéreas de Lushan mostraram imagens de prédios que desabaram ou ficaram sem o telhado.
Não há energia elétrica, fornecimento de água ou telefones funcionando na região.
Na capital da província de Sichuan, Chengdu, os moradores sentiram o terremoto e saíram correndo para as ruas enrolados em cobertores.
Aaron Ozment, que mora na cidade, disse à BBC que ocorreu uma grande confusão na cidade.
"Joguei algumas roupas rapidamente (em uma mala) e corri para o pátio do complexo (onde moro). Fazer telefonemas era quase impossível, todo mundo estava tentando entrar em contato com todo mundo que conhecia", afirmou.
Os moradores da cidade mais próxima do epicentro, Ya'an, sentiram o terremoto principal e os tremores secundários, mas a cidade não parece ter sofrido danos mais graves.
Antes de viajar, o novo primeiro-ministro da China, Li Keqiang, foi entrevistado pela agência de notícias estatal Xinhua.
"A questão mais urgente é conseguir agir nas primeiras 24 horas depois da ocorrência do tremor, o tempo ideal para salvar vidas", afirmou.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/04/130420_terremoto_china_fn.shtml 

Somente 144 mil fieis serão salvos durante o apocalipse bíblico


Somente 144 mil fieis serão salvos durante o apocalipse bíblico

Em Apocalipse 14 encontramos uma estrutura proléptica, na qual primeiro é descrito o grupo dos 144 mil (versos 1-5), para então serem mencionadas as três mensagens angélicas responsáveis pela origem desse grupo (versos 6-12). Tanto a proclamação das mensagens quanto a formação do grupo são descritas como ocorrendo no período final da história humana, que antecede a segunda vinda de Cristo e o juízo final (versos 14-20).

Nesse contexto, os 144 mil aparecem como a última geração dos verdadeiros adoradores de Deus (verso 7), que “guardam os mandamentos de Deus e a fé de Jesus” (verso 12), em contraste com aqueles que adoram “a besta e a sua imagem” e recebem “a sua marca na fronte ou sobre a mão” (versos 9-11).

O fato de Apocalipse 7:1-8 mencionar o mesmo grupo de 144 mil como sendo formado “de todas as tribos dos filhos de Israel” (verso 4) tem levado alguns comentaristas a sugerir que esse grupo será formado por judeus literais, em cumprimento a certas promessas do Antigo Testamento para com a nação de Israel. Essa interpretação carece, no entanto, de base bíblica e de fundamentação histórica, pois (1) as tribos mencionadas em Apocalipse 7:1-8 não são exatamente as mesmas que aparecem na promessa de Ezequiel 48:1-8, 23-29 (ver também Gn 49:1-28); (2) seria praticamente impossível reunir ainda hoje “doze mil pessoas de cada tribo de Israel, uma vez que tais distinções tribais desapareceram quase que em sua totalidade, devido à deportação compulsória e miscigenação das tribos do norte (ver II Rs 17); e (3) no Novo Testamento a salvação “em Cristo” desfaz toda e qualquer distinção étnica (ver Gl 3:26-29). Diante disso, somos levados à conclusão de que os 144 mil serão formados pela última geração do povo remanescente de Deus, também chamado de Israel espiritual (ver Rm 9:6-8; I Pe 2:9 e 10).

Uma vez que as doze tribos de Apocalipse 7 devem ser interpretadas simbolicamente, surge a indagação: podemos entender o seu número como literal? Embora alguns comentaristas o façam, existe uma forte tendência de ver nessa multiplicação de 12 vezes 12.000 (= 144.000) apenas um símbolo da totalidade de componentes da última geração dos salvos que estarão vivos por ocasião da volta de Cristo.

*O pastor Alberto Timm é PhD em Teologia e diretor do Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil. 

Governo vai abrir arquivo sobre OVNI


Governo vai abrir arquivo sobre OVNI

'Operação Prato', no Pará, que investigou a ocorrência de luzes que deixou quatro mortos, é o documento mais aguardado
Brasília -  Quem acredita em OVNIs vai ganhar  um motivo a mais para saciar sua curiosidade. Conforme o DIA antecipou em sua edição de 7 de fevereiro, o Ministério da Defesa anunciou ontem que vai abrir, em junho, seus arquivos considerados ‘secretos’ e ‘ultrassecretos’ sobre o assunto, segundo o coronel Alexandre Spengler, que coordena o Serviço de Informação ao Cidadão da pasta. 
Entre outras operações, a que mais desperta curiosidade dos aficcionados é a chamada ‘Operação Prato’, documento produzido pela Força Aérea Brasileira, levado a cabo entre os anos de 1977 e 1978. Tudo começou com relatos de pilotos da FAB sobre a a ocorrência de luzes na região da cidade de Colares, no Pará. Há ainda fotos de radares sobre as tais luzes.
Uma reunião entre representantes do Ministério da Defesa e integrantes da Comissão Brasileira de Ufólogos, quinta-feira, determinou a decisão de abrir os arquivos. “É a primeira vez que um Ministério da Defesa de um país senta-se à mesa com ufólogos”, disse Ademar Gevaerd, presidente da Comissão Brasileira de Ufólogos.
As luzes, que resultaram na ‘Operação Prato’, afetaram ao menos mil pessoas, sendo que 400 destas tiveram de passar por tratamento. Quatro pessoas morreram por conta da ocorrência.

Fonte: http://odia.ig.com.br/portal/brasil/governo-vai-abrir-arquivo-sobre-ovni-1.574028

Cientistas descobrem que vulcão de Yellowstone é maior do que se pensava


Cientistas descobrem que vulcão de Yellowstone é maior do que se pensava


Encanamento subterrâneo vulcânico de Yellowstone é maior e melhor conectado do que os cientistas pensavam, os pesquisadores relataram no (17 de abril) na Sociedade Sismológica da reunião anual da América. “"Estamos recebendo uma melhor compreensão do sistema vulcânica de Yellowstone", disse Jamie Farrell, um estudante de sismologia da Universidade de Utah. “"O reservatório de magma é de pelo menos 50 por cento maior do que previamente impressa." Conhecendo o volume de magma fundido sob Yellowstone é importante para estimar o tamanho das futuras erupções, Farrell disse OurAmazingPlanet. Os geólogos acreditam Yellowstone fica mais de um hotspot, uma nuvem de rocha superaquecida passando de manto da Terra.Como a América do Norte lentamente flutuou sobre o hotspot, a pluma de Yellowstone perfurado a crosta do continente, deixando uma migalha de pão-como rastro de caldeiras criados por enormes erupções vulcânicas ao longo do rio Snake Plain de Idaho, levando direto para o Yellowstone. Erupções menores ocorreu no meio e depois as grandes explosões, mais recentemente, cerca de 70.000 anos atrás. A câmara de magma visto no novo estudo alimenta estas erupções menores e é a fonte de incríveis fontes hidrotermais e gêiseres do parque.  Ele também cria a elevação da superfície visto no parque, disse Bob Smith, um sismólogo da Universidade de Utah e autor de um estudo relacionado apresentado na reunião. . A pluma vulcânica de rocha parcialmente derretida que alimenta o supervulcão de Yellowstone. Amarelo e vermelho indicam maior condutividade, verde e azul indicam menor condutividade. Feito pela Universidade de Utah geofísicos e cientistas da computação, esta é a primeira imagem de grande escala 'geoelétrica "do Yellowstone hotspot.  "Este corpo magma crustal é uma covinha que cria a elevação", disse Smith."É como colocar o dedo em uma membrana de borracha e empurrando-o para cima e dos lados se expandir." Uma imagem mais clara da câmara magmática rasa de Yellowstone emergiu terremotos, cujas ondas alterar a velocidade quando viajam através de rocha fundida ou sólido.Farrell analisados ​​terremotos próximas para construir uma imagem da câmara de magma. O magma subterrâneo se assemelha a uma banana mutante, com um nodoso, final bulboso cutucando-se em direção ao canto nordeste do Parque Nacional de Yellowstone, e no resto do fruto tubular dobrando sudoeste superficialmente.É uma única câmara ligada, cerca de 37 milhas (60 km) de comprimento, 18 milhas (30 km) de largura e 3 a 7 milhas (5 a 12 quilômetros) de profundidade.Anteriormente, os pesquisadores pensavam que a magma sob Yellowstone estava em bolhas separadas, e não um bolso contínua. O magma raso, no nordeste, também combina com mais intensa atividade hidrotermal do parque, disse Farrell. O novo estudo é a melhor vista ainda desta zona, que fica do lado de fora o mais novo rim caldeira. Rocha fundida adicional, não trabalhada neste estudo, também existe mais profundo sob Yellowstone, os cientistas pensam.  

Fonte: http://news.yahoo.com/yellowstones-volcano-bigger-thought-134714973.html

Apocalipse animal na China e agora se espalha para cães


Apocalipse animal na China e agora se espalha para cães

Primeiro foi flutuando suínos mortos , em seguida, patos , em seguida, cisnes negros , em seguida, extermínios em massa de frango , em seguida, peixes , e agora mais porcos e também um novo participante para o apocalipse animais chinês: cães. 


AP relata que centenas mais porcos foram encontrados mortos na China - desta vez, juntamente com dezenas de cães.  "Um total de 410 suínos e 122 cães foram encontrados em casas e nas fazendas no início desta semana em uma aldeia que está sob a jurisdição da cidade de Yanshi na província central de Henan, as autoridades nesta quarta-feira.  Escritório de propaganda da cidade, disse que as mortes estavam sendo investigados, mas que suspeitava que tinha a ver com fábricas químicas próximas. As fábricas foram intimados a suspender a produção e ajudar a polícia com uma investigação criminal sobre o incidente, de acordo com um relatório sobre a Henan site de notícias provincial. "
Seria de supor que algo é responsável por essas mortes de animais em massa, e um desses anos, não o escritório de propaganda, mas alguém realmente responsável (por isso não CNN) vai relatar o que é. Embora não estamos segurando a respiração, que se fosse para viver em Pequim, não seria uma má idéia.
Nenhum gases venenosos foram encontrados em testes no ar ao redor da aldeia e sua água potável tem cumprido as normas de qualidade, segundo o relatório, que o escritório de propaganda confirmada.
  As autoridades locais disseram que as mortes não têm nada a ver com qualquer epidemia ou o vírus da gripe aviária H7N9, que foi recentemente transmitida aos seres humanos.
No mês passado, mais de 16 mil porcos mortos foram encontrados nos rios que fornecem água para Xangai.  O dumping não foi explicado, embora a polícia havia sido reprimir a venda ilegal de produtos feitos a partir de carne de porco mortas, suínos doentes.
  Talvez o ponto de todo este apocalipse animal é para forçar a população local para evitar qualquer das carnes impactados e se concentrar apenas em vegetais, evitando assim um aumento nos preços dos alimentos em uma época em que praticamente hot money do mundo inteiro, para não mencionar o registro de crédito injeções pela própria PBOC, ameaçar a encontrar o seu caminho para a oferta de alimentos.Isso, no entanto, seria muito mórbido até mesmo a considerar: vamos apenas esperar que o ministério chinês da verdade para negá-lo primeiro, antes de sequer pensar nela ...
  Em outras notícias, e aprofundar o mistério da Gripe Aviária chinês, aprendemos que "um número de pessoas que testaram positivo para uma nova cepa de gripe aviária na China parecem ter tido nenhum contato com aves, aumentando o mistério sobre a vírus, que já matou 17 pessoas até o momento. "
As autoridades chinesas abatidos milhares de aves e fechou alguns mercados de aves vivas para tentar diminuir a taxa de infecção em humanos, mas muitas questões permanecem sem solução, incluindo se a cepa H7N9 está sendo transmitido entre as pessoas.
O porta-voz da OMS Gregory Hartl confirmou que "há pessoas que não têm histórico de contato com aves", depois de um cientista chinês top foi citado como dizendo isso aplicado a cerca de 40 por cento das pessoas infectadas.
 "Este é um dos quebra-cabeças ainda (a) ser resolvido e, portanto, defende uma ampla rede de investigação", Hartl disse em comentários enviados por email.
  Hartl uma equipe internacional de especialistas que vão para a China em breve deverá incluir em sua investigação a possibilidade de que o vírus pode ser transmitida entre as pessoas, apesar de que "não há evidência de humano para humano transmissão sustentada". 
"Pode ser por causa da poeira nos mercados molhadas, poderia ser outra fonte de animais ao lado de aves, que também poderia ser a transmissão entre humanos", disse ele por telefone.
Então, ainda mais confusão sobre tudo como montar as mortes, bem como aumentar a tensão social e medo.
  No final do dia, quem ganha em uma situação como esta?  O governo, é claro, algo que os líderes de todas as nações não democráticas ansiosamente aplaudir.

Fonte: http://horizontenews.blogspot.pt/search?updated-max=2013-04-19T12:53:00-03:00&max-results=15&reverse-paginate=true 

Tremores em Montes Claros devem continuar, mas serão menores de 5.0 na Escala Richter


Tremores em Montes Claros devem continuar, mas serão menores de 5.0 na Escala Richter

Publicação: 19/04/2013 08:40 Atualização: 19/04/2013 09:36 
O abalo de 3,7 graus na Escala Richter, registrado em Montes Claros na manhã de quinta-feira, foi mais um evento da sequência de tremores que vêm ocorrendo na cidade nos últimos três anos. Após o mais forte deles – de 4,2 de magnitude , ocorrido em 19 de maio de 2012, no início de junho passado, foram instaladas na cidade nove estações sismográficas da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de São Paulo (USP), que passaram a monitorar os fenômenos, em parceria com a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Em março último, foi divulgado relatório dos estudos, que confirmaram que a causa dos sismos é uma falha geológica de 3 quilômetros de extensão, situada a cerca 1,5 a 2 quilômetros de profundidade.

Conforme registros dos aparelhos da UnB e da USP, entre maio e dezembro de 2012, ocorreram 176 “eventos” no município, dos quais a metade “fenômenos naturais” (tremores) e outra metade detonações realizadas por pedreiras. O sismo da última quinta-feira não provocou danos, a não ser rachaduras em paredes de algumas casas. Mesmo assim, provocou muito susto na população. O Corpo de Bombeiros recebeu cerca de 200 ligações, quase todas de moradores que ficaram muitos assustados. As aulas em algumas escolas também foram prejudicadas. De acordo com a UNB, o abalo teve como epicentro a Vila Atlântida (próxima da falha geológica, apontada como causa dos fenômenos) e foi sentido em todas regiões da cidade e em municípios vizinhos. O fenômeno também teve grande repercussão nas redes sociais.

Uma questão foi levantada pelos moradores: porquê os tremores se intensificaram nos últimos anos? Como resposta, o chefe do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, Lucas Vieira Barros, explica que os abalos são cíclicos, ou seja: podem ocorrer em determinada região por um determinado período e depois e são interrompidos. “Os sismos podem ocorrer em uma região durante três, quatro, cinco anos ou mais”, explica o especialista, lembrando que em Porto dos Gaúchos (Mato Grosso) teve uma sequência de tremores durante cerca de 10 anos, entre os anos 1990 e 2000. 

“Normalmente, há uma sismicidade que dura um certo período. Aí, começa novamente um lento e gradual acúmulo de energia no interior da terra, que pode demorar 10, 20, 50, 100 e até 1 mil anos para ser liberada novamente e provocar outros tremores”, afirmou Vieira Barros. O ambientalista José Ponciano Neto, de Montes Claros, disse acreditar que os tremores registrados na cidade estejam relacionados com intervenções no subsolo, como a abertura de poços tubulares e perfurações para pesquisas sobre ocorrência de gás natural. “Mas, não existe relação entre os fenômenos e as interferências do homem na natureza”, assegurou o chefe do Observatório da UnB.

Vieira Barros também afirmou em situações que são registrados pequenos tremores em sequência, podem ocorrer um abalo de maior intensidade. No entanto, pelas características do Brasil e da falha geológica de Montes Claros, praticamente está descartada a possibilidade de ocorrência de um tremor com intensidade acima de 5.0 graus na escala Richter, capaz de provocar grandes prejuízos. 

O chefe do Observatório Sismológico da UnB ressaltou que o tremor registrado ontem em Montes Claros, devido ao horário em que aconteceu – “em que muita gente ainda estava acordando” – acabou assustando mais as pessoas, apesar de não provocar danos.
O coordenador municipal de Defesa Civil de Montes Claros, Mattson Malveira, informou que fez vistorias em casas em diversos bairros. Porém, a Defesa Civil só interditou um quarto de uma casa no bairro Bela Vista, próximo da Vila Atlântida. “Na verdade, a casa já tinha sido atingida por outros tremores anteriormente”, explicou Malveira.

O autônomo Renato Barbosa, de 30 anos, ficou muito assustado e chamou os bombeiros para fazer uma vistoria em sua casa, que apresentaram trincas em uma parede. Os bombeiros constaram que as trincas eram antigas. “Mas, com o tremor de hoje (ontem), houve um deslocamento no gesso do teto da minha casa. Realmente, o susto que tivemos foi muito grande”, contou Renato, no momento do abalo de ontem, assistia televisão. 

O estudante Tiago da Silva, de 8 anos, é um dos 500 que estavam no local. "Meus colegas gritava, choravam e saíriam correndo. Senti muito medo, parecia que a escola ia cair", diz o menino.

No Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Nossa Senhora da Conceição, no bairro Santos Reis, muitas crianças não participaram das atividades, ontem de manhã, por causa do abalo sismo. “Estávamos fazendo a oração diária no momento do tremor. Uma telha caiu e quase atingiu uma criança”, relatou Fabrícia de Oliveira, professora da entidade, que atende 160 crianças. Segundo Fabrícia, assustados, muitos pais foram buscar os filhos logo após o abalo sísmico.

Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/04/19/interna_gerais,373524/tremores-em-montes-claros-devem-continuar-mas-serao-menores-de-5-0-na-escala-richter.shtml

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Nibiru e segundo Sol


Nibiru e segundo Sol

Vejam o vídeo.
video



Em meio a tantos eventos ocorrendo recentemente, explosão em Boston, Texas, cartas com agentes químicos, pacotes suspeitos em aeroportos, etc etc,,quase que esquecemos que muita coisa tem acontecido devido ao fato de que eles sabem que algo lá em cima está chegando perto, e então precisam de todo controle aqui na terra, de um exército mundial quem sabe para combater uma "ameaça extraterrestre".
Canal de tv italiano, mostra uma reportagem sobre Nibiru ( Planeta X), esse mesmo que atém os membros do Vaticano por possuírem um belíssimo observatório espacial, já sabem da existência do tal planeta, que até então pra muitos ainda é um mito.

Fonte: http://celiosiqueira.blogspot.pt/2013/04/imprensa-italiana-fala-abertamente.html 

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Nem todas as vítimas do vírus H7N9 tiveram contato com aves, diz OMS


Nem todas as vítimas do vírus H7N9 tiveram contato com aves, diz OMS
Número de mortos subiu para 16

A Organização Mundial de Saúde (OMS) disse nesta quarta-feira (17) que algumas pessoas com testes positivos para uma nova cepa da gripe aviária na China não tinham histórico de contato com aves, aumentando o mistério sobre o vírus que já matou 16 pessoas até o momento.
O porta-voz da OMS Gregory Hartl confirmou que "há pessoas que não têm histórico de contato com aves", depois de um importante cientista chinês dizer que cerca de 40% das pessoas com o vírus H7N9 não tinha tido contato com aves.
Zeng Guang, o cientista-chefe encarregado de epidemiologia no Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, disse que cerca de 40% das vítimas não tinham nenhum histórico claro de exposição a aves, informou o "Beijing News".
"Como essas pessoas são infectadas? É um mistério", disse Zeng, segundo o jornal.
O governo chinês alertou nesta quarta que o número de infecções pode aumentar, após mais duas pessoas morreram devido à nova cepa da gripe aviária, elevando para 16 o número de mortes pelo vírus H7N9.
De acordo com uma análise da Reuters sobre as infecções, com base em relatos da mídia estatal, apenas 10 dos 77 casos confirmados até esta terça-feira teriam tido contato com aves. Há 12 dias, especialistas da própria OMS disseram que não havia sinais de transmissão entre humanos -- transmissão esta que potencializaria uma pandemia.
A OMS disse que nenhuma vacina para o H7N9 está sendo produzida. "Essa decisão vai depender, por parte da OMS, em considerações sobre saúde pública", disse. "Temos que ver como o H7N9 se desenvolve antes de qualquer decisão ser considerada".
O Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA disse no início de abril que tinham começado a trabalhar em uma vacina para estarem preparados caso fosse necessário.

fonte;G1,http://www.frizz.com.br/noticias/84587/nem-todas-as-vitimas-do-virus-h7n9-tiveram-contato-com-aves-diz-oms.shtml
imagem;http://carbon-based-ghg.blogspot.com.br/2013/04/china-reports-20-h7n9-cases-6-fatal.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...